Calendário de Estreias da Fall Season!
Confira as datas que as suas séries preferidas retornam!
Leia
Atores de Glee no Brasil!
Saiba tudo sobre a convenção de Glee que trará o elenco ao Brasil!
Leia
Elenco de PLL no Brasil!
Edição especial da World of Series trará o elenco de PLL para uma convenção no Brasil!
Leia
Novas séries no HD!
Confira uma sinopse das novas séries que o site irá cobrir!
Leia



6, nov de 2012

O amor em suas várias formas de expressão. No primeiro episódio da temporada onde a tragédia não esteve explicitamente presente, o roteiro foi preenchido com cenas dessa emoção tão complexa e tão desejada, capaz de fazer pleno quem a possui. Amor entre casal, amor de amigos, amor de filho. O amor, suas consequências e o que somos capazes de fazer quando movidos por tal sentimento.

Quem diria que um único momento de fraqueza de Callie seria o gatilho para a recuperação de Arizona? No episódio anterior, após ver a esposa desabar em lágrimas por estar sofrendo em silêncio, Dr. Robbins percebeu que o tempo de negação e rebeldia havia chegado ao limite. Ainda um pouco relutante, é verdade, iniciou seu tratamento e busca por uma prótese adequada. Por ela, mas também por amor à Dra. Torres, que está dando seu máximo para ajudar na recuperação.

Com certeza o relacionamento das médicas não vai voltar ao que era antes do acidente tão cedo, talvez nunca mais seja o mesmo. Mas ao final de I Saw Her Standing There, Arizona deu a Callie um alívio que todos estávamos ansiosos por assistir. Acredito que a palavra chave do casal nessa temporada será adaptação. A vida se ajustará conforme a nova realidade de Arizona for sendo integrada ao cotidiano das duas. Será um processo lento, difícil e que exigirá dedicação de ambas. Por mais clichê que possa ser, é um desafio para fortalecer os laços da ortopedista com a pediatra.

Outro beneficiado pela melhora da Dr. Robbins foi Alex Karev. Longe de uma daquelas maravilhosas cenas de parceria entre mestre e aprendiz, pelo menos Arizona aceitou a presença e ajuda de Alex. Gesto significativo considerando toda a culpa que a médica coloca nos ombros do seu pupilo. A dúvida agora é saber se, ou quando, a verdade sobre o responsável pela amputação virá a tona. Sinceramente, saber quem fez o corte não muda o fato que a decisão foi de Callie, mas talvez divida a responsabilidade aos olhos da loira, infelizmente sendo mais um empecilho na retomada da amizade entre os pediatras.

Por falar em amizade, não é de hoje que Cristina Yang se mostra uma amiga que todos gostariam de ter. Dessa vez, o sortudo foi o Dr. Vovô Thomas. Mesmo que tenham começado às avessas, discordando e discutindo, os dois aprenderam a trabalhar em conjunto. Sem deixar as implicâncias e piadas de lado, Cristina nomeou o experiente cardiologista como “sua Meredith em Minnesota”, e isso diz muito sobre a nova relação entre os colegas de sala de cirurgia.

O exemplo de honestidade e ética da médica mais competitiva da série foi ótimo de assistir. Mesmo concordando que os métodos do Dr. Thomas estão ultrapassados, ao invés de contribuir no esquema para forçar a aposentadoria, Cristina ajudou o médico a se atualizar mesmo que isso signifique menos cirurgias sob o comando dela. Grey’s também é lição de vida, ponto pra tia Shonda. Sem contar que isso resultou em uma cena da dupla dinâmica no bar, ficando ainda mais amigos e eu achando o vovô ainda mais fofo.

Esse plot rendeu. Fortaleceu a amizade e acabou com o relacionamento casual de Yang com o chefe de cardiologia. Estava rolando uma tensão entre os dois desde o início. Porém, para nossa alegria, o caso aconteceu e se resolveu em um mesmo episódio. Espero que tenha sido o gatilho para Cristina perceber que o homem da vida dela está lá em Seattle, desorientado e na mata, esperando ela voltar.

Cristina e Owen sobreviveram a uma guerra, um tiroteio e um acidente de avião. Se esse casal não pode superar aborto e traições, duvido que outro possa. Não que essas questões sejam de pouca relevância, apenas acredito no encaixe perfeito desses dois. Traumas tão profundos fazem com que um seja a base forte do outro, mesmo os dois estando tão frágeis. Eles combinam, se completam.

Em contrapartida à tensão Crowen, outro casal (se é que podemos chamar assim) da série deu o tom descontraído e divertido do episódio. Richard e Catherine. Uma relação controversa, pois é a segunda vez que Dr. Webber trai a esposa. Porém, é sabido que ele e Adele não possuem mais uma relação de marido e mulher, estão casados apenas oficialmente. Apesar dos encontros com a Dra. Avery estarem trazendo felicidade, juventude e renovação necessárias ao personagem, ainda não estou certa quanto a um futuro relacionamento para os dois. Richard até desafiou a oposição de Jackson, dando a entender que pretende levar o caso com Catherine adiante. Contudo, nem quando estava perdidamente apaixonado por Ellis Grey deixou de agir corretamente, e por isso não vejo ele engatando o romance se isso significa enganar a esposa doente.

Os fãs de longa data da série estavam carentes de um bom momento MerDer, então um dos méritos do episódio foi ter proporcionado belas cenas do casal. O empenho de Meredith em esconder seu brilhante trabalho para evitar o sofrimento do marido incapaz de fazer cirurgias foi uma daquelas pequenas provas de amor cotidianas que todos os casais deveriam compartilhar vez ou outra. E a reação de Derek quando descobriu sobre o sucesso da mulher foi digna de um marido companheiro e altruísta, capaz de não expor sua frustração para não diminuir a conquista de sua amada. Só amor para o casal Senhor e Senhora Tumor Impossível.

Como bem definiu o diretor Kevin McKidd, I Saw Her Standing There foi um episódio para valorizar as diferentes relações entre casais que compõe Grey’s Anatomy. Em um episódio sem grandes surpresas, o prazer de assistir ficou por conta dessas pequenas lições sobre o amor e seus efeitos. Um roteiro mais leve, para nos deixar descansados para o que vem pela frente.

Sinceramente,

Bianca @bibis_m

Mais informações, notícias e novidades sobre Grey’s Anatomy você encontra no nosso parceiro Grey’s Anatomy Brasil!